Você atua como freelancer nos finais de semana? Grande parte dos profissionais hoje em dia faz isso para complementar sua renda. Principalmente quando o momento é de crise.

No entanto, é necessário ter alguns diferenciais para se destacar no meio de tantos freelancers. Afinal, a oferta de serviços é alta, mas somente alguns possuem realmente as qualidades que um bom profissional deve ter para atuar nesse meio.

Hoje vamos mostrar como você pode ser um bom freelancer nos finais de semana. Mas se você atua como autônomo em tempo integral, essas dicas também podem te ajudar. Continue acompanhando e veja quais são. Boa leitura!

Dicas para você atuar como freelancer nos finais de semana

Muitos são os motivos que podem levar um profissional a se tornar um freelancer nos finais de semana. Há aqueles que são em período integral também. No entanto, muitos ficam com receio de iniciar essa jornada, pois sabem que não existe um salário fixo e que os ganhos variam bastante.

No entanto, é possível conseguir uma boa renda financeira atuando como freelancer nos finais de semana. Ou seja, há como conciliar as suas maneiras de ganhar dinheiro. Mas já adiantamos, é necessário ter dedicação e paciência.

Veja algumas dicas importantes para você ser um bom freelancer nos finais de semana:

1. Saiba quais são as suas habilidades profissionais

Para iniciar a sua trajetória de freelancer é necessário saber quais são as suas habilidades profissionais. No entanto, é importante que você saiba quais são os seus pontos fortes para analisar em quais áreas ou área pode atuar.

Cada pessoa possui suas próprias habilidades e elas precisam ser destacadas no momento em que você vai prestar um serviço. Por exemplo:

  •         Facilidade de comunicação;
  •         Boa escrita;
  •         Empatia;
  •         Capacidade de interpretação;
  •         Responsabilidade;
  •         Organização;
  •         Pontualidade;
  •         Entre outras.

2. Escolha um nicho

O próximo passo é escolher qual o nicho de atuação será o seu. Portanto, pense em qual tipo de trabalho você pode atuar e para quais empresas deseja oferecer seus serviços. Mas para determinar o seu nicho de atuação, é importante ter a junção de três fatores:

  •         O que você gosta de fazer;
  •         O que você sabe fazer;
  •         O que o mercado precisa e está disposto a pagar.

Seja especialista em um negócio ou em uma área. Um cliente vai preferir pagar bem por um profissional que realmente entenda do assunto do que para uma pessoa que sabe fazer de tudo, mas não tem especialização em nenhum setor.

3. Tenha autodisciplina

Ter autodisciplina é uma das principais qualidades para uma pessoa atuar como freelancer nos finais de semana ou em horário integral. É importante ter foco para lidar com as tarefas que se propôs a fazer e executá-las até o final para cumprir dentro do prazo acordado com o cliente.

4. Defina o seu local de trabalho

Normalmente, o freelancer que atua aos finais de semana trabalha em casa. Há suas vantagens e seus desafios. Portanto, se você escolher trabalhar em casa é preciso:

  •       Que a sua família entenda que você está trabalhando e te dê condições para concluir a sua demanda;
  •         Não trabalhe na cama, tenha um espaço reservado para cumprir suas obrigações;
  •         Tire o pijama para trabalhar;
  •         Defina o seu horário de serviço para poder ter um período de descanso.

5. Seja produtivo

Um freelancer que atua aos finais de semana deve ter a capacidade de organizar a sua própria agenda e cumprir com os seus compromissos. Para alguns, isso é um desafio. Mas se você quer encarar a missão de trabalhar por conta própria, é importante ser organizado para se tornar mais produtivo.

Existem ferramentas online que pode te ajudar a manter a sua organização para ser um profissional mais produtivo.

6. Faça networking

Ser um freelancer nos finais de semana vai exigir que você divulgue o seu trabalho. Por meio da internet é possível divulgar o seu negócio: redes sociais, plataformas de freelancer e outros.

Além disso, é preciso criar boas parcerias de trabalho para que sempre tenha demandas. Portanto, além de divulgar o seu trabalho, foque em ter bons parceiros. Assim, você garantirá que sempre terá boas ofertas de projetos para desenvolver. Mas seja um profissional pontual, entregando sempre as demandas nos prazos acordados.

7. Organize o seu mês de trabalho

Se você é freelancer nos finais de semana, normalmente, um mês tem quatro fins de semana. Portanto, organize a sua agenda para que dê tempo de entregar suas tarefas e também descansar.

Sendo assim, se você já tem clientes fixos, fica mais fácil organizar as suas demandas para que consiga ver quais prazos possui. Por isso, faça a sua agenda por ordem de prioridade. Como você vai trabalhar somente aos finais de semana, o tempo tem que ser o suficiente para conseguir realizar um serviço de qualidade e com pontualidade.

Lembramos que, caso ocorra algum tipo de imprevisto como, por exemplo, uma doença, é importante comunicar o seu cliente para agendar um novo prazo. Nunca deixe para avisar nada em cima da hora.

8. Tenha um contrato

É importante lembrar que todo trabalho precisa de um contrato de prestação de serviço. Mesmo que o seu seja simples, o que importa é ter um acordo legal, que tenha os termos básicos de prestação de serviço e que tenha garantia para ambas partes. Precisa constar nesse documento:

  •         Nome das partes envolvidas;
  •         Data de entrega do serviço;
  •         Pagamento e data de pagamento;
  •         Condições para rescisão de contrato.

Ser freelancer nos finais de semana é possível e é uma excelente opção para aumentar a renda mensal. É possível conseguir excelentes demandas para serem feitas nesses dias, seja em casa ou não.

Com as nossas dicas, você organiza a sua agenda e ainda consegue ter boas parcerias para ter sempre trabalho. Seja sempre pontual, organizado e sincero com o seu cliente. Ter uma relação de parceria é fundamental!

Gostou das nossas dicas? Quer saber como ser um bom profissional e se destacar? Conheça os cursos de Yes!